Férias: Criança na Cozinha



Olá leitores do Citação, estamos finalizando o quadro deste mês Férias. Para você que não viu os Posts anteriores deixo aqui os Links para  você visitar e se divertir: Férias #1, Férias#2 e Férias#3.

Hoje vamos falar de criança na cozinha. Sim!!! Os pequeninos adoram e pra eles é uma festa!!! É sim uma super diversão para finalizar estas férias com chave de ouro.

Você já pensou que um bom lugar para passar o tempo com seu filho, se divertir, compartilhar experiências e até mesmo educá-lo pode ser... na cozinha?

Introduzir a garotada no universo culinário pode produzir benefícios que acompanharão a turminha por toda a vida. Então, em vez de fazer as crianças esperarem que a refeição fique pronta, por que não convidá-las a participar dessa gostosa “brincadeira” junto com você?



O primeiro passo para que os baixinhos se familiarizem e desenvolvam interesse pelo cozinhar é fazer com que eles participem do processo desde o início. Leve seu filho para ajudar nas compras do supermercado e da feira, mostre de onde vêm os alimentos e, quando forem para a cozinha, prepare a refeição por partes que eles possam ajudar.  
As crianças desde os 2 anos mostram-se interessados pela cozinha e pelos alimentos. Aos 5 anos, os pequenos já estão aptos a exercerem afazeres culinários. Aliás, esta é uma boa fase para incentivar que experimentem frutas e legumes diferentes.

Tarefas mais complexas devem ser introduzidas à medida que a criança adquira mais prática e habilidade através de treinos. Acima dos 7 anos, pode começar a cortar com facas e cortadores de legumes, por exemplo, assim como preparar alimentos em micro-ondas e até mesmo em fogões, desde que tenha altura suficiente para alcança-lo e a mãe (ou um responsável) esteja por perto.

Ainda no quesito segurança, recomenda- se que crianças só usem facas sem lâmina, com ponta arredondada, como as de refeição. De preferência, devem também utilizar apenas utensílios inquebráveis, de plástico, acrílico, silicone ou inox.E, regra geral e incontestável, são obrigatórias a presença e a orientação de um adulto.

Aprender a cozinhar desde pequeno vai muito além do aprender a preparar alimentos. Trata-se de formar pessoas com hábitos mais saudáveis e mais preparadas para enfrentar a vida.

“Cozinhar exige planejamento, organização, paciência, criatividade... esses são todos conceitos importantes para a formação dos indivíduos”.


Nunca é cedo ou tarde demais para levar as crianças para dentro da cozinha. Eles podem apertar massa de pão aos 6 meses enquanto você faz comida.Os pequenos se divertem, aprendem e criam intimidade com o ambiente. Vão crescendo e, aos poucos, começam a lavar saladas, pegar temperos, amassar pão, misturar massa de bolo. Com o tempo, aprendem que cozinha é legal, mas necessita de atenção porque tem ferramentas que machucam, queimam, cortam...

Esses perigos não devem ser motivo para afastá-las - muito pelo contrário! Quanto mais cedo elas tiveram noção dos cuidados que devem ter na hora de enfrentar um fogão, mais cedo vão poder fazer receitas sozinhas.



Espero que tenham gostado do quadro sobre as férias para a garotada. Quem sabe nas próximas férias não teremos novidades? Bom adorei estar aqui com vocês e não deixem de conferir sempre a coluna Coisas de Crianças, sempre com novidades  e dicas para os papais e as crianças. 

Quero agradecer as amigas MSU que estiveram por aqui compartilhando as fotos dos seus pequeninos. Espero que tenham aproveitado muito.  Kissus..


Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

1 comentários:

Clique aqui para comentários
28/01/2015 22:48 ×

Que delícia ver a garotada se soltando na cozinha!
Eles adoram!!!
Adorei as imagens dos pequenos!

Beijos!
http://fabi-expressoes.blogspot.com.br/

Parabéns Fabiana Strehlow.
Responder
avatar

Querido leitor,

Seus comentários deixam o nosso cantinho ainda mais especial. Agradecemos muito a sua participação! Até o próximo post! ;)

Equipe do Citação
ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário