Resenha | A Rainha - Um conto de A Seleção


Livro: A Rainha - Conto de A Seleção
Autora: Kiera Cass
Páginas: 70
Editora: Seguinte
Classificação: ♥ ♥ ♥ ♥ 
Sinopse: A Rainha - Uma das personagens mais cativantes de A Seleção é a rainha Amberly, mãe do príncipe Maxon. Ao longo da série, descobrimos pouca coisa a seu respeito, e muitas dúvidas permanecem: como uma pessoa tão bondosa e gentil se apaixonou por um homem rígido e impiedoso? Por que Clarkson a escolheu, considerando que ela vinha de uma casta baixa e de uma província pobre? E qual era exatamente seu estado de saúde?

Chegou a vez de Amberly contar sua própria história. Em A Rainha, disponível em edição digital, acompanhamos a Seleção anterior à de America Singer, quando Amberly foi ao palácio com outras trinta e quatro garotas para disputar o coração do então príncipe Clarkson. O leitor enxergará uma nova faceta do rei através dos olhos apaixonados de Amberly, entenderá melhor o relacionamento dos dois e conhecerá um pouco mais do passado dessa personagem tão encantadora — uma garota simples que provou que uma rainha pode vir de qualquer casta.
Compre o E-book: Amazon / Saraiva

***

Atenção: Essa resenha contém SPOILERS dos livros anteriores da série A Seleção. Leia por usa conta e risco.

 Desde A Seleção, eu tinha uma vontade enorme de saber mais sobre a Rainha Amberly e quando foi divulgado que haveria um conto sobre ela, fiquei muito feliz e ansiosa para ler. Dos três primeiros livros da série A Seleção, A Escolha foi o livro em que a rainha se mostrou melhor e mesmo assim não o suficiente para os curiosos (como eu), mas sua presença sempre foi marcante e demonstrando ser digna de seu posto de rainha. 

 A Rainha nos mostra como foi um pedacinho da vida de Amberly durante sua seleção. Podemos entender o seu amor pelo até então, príncipe Clarkson, que ainda não se transformara naquele rei carrasco que conhecemos. Mesmo aparecendo algumas características nele de um cara mais seco e racional, eu não consigo entender como ele chegou a se transformar daquele jeito. Ainda mais tendo a doce Amberly como esposa. Por isso, gostaria muito que houvesse um conto sobre ele.

 Outra descoberta que fazemos e que até ajuda um pouco (só um pouco) a entender o jeito de Clarkson, é sobre como vivem seus pais (reis naquela época) e o relacionamento turbulento que tinham. Mesmo assim,  não consigo me convencer que isso fosse argumento para ele ser aquele tipo de pai para o Maxon. Creio que as pessoas quando passam por experiencias ruins e tem a oportunidade de escrever uma nova história para sua vida, elas tendem a mudar e dar o melhor para os seus filhos. Mas não é bem o caso do Rei. 

 Quanto a Amberly, vemos que mesmo sendo uma quatro, sua vida não foi mais fácil e acho que isso contribuiu e muito para que ela fosse essa mulher tão destemida e de uma maturidade a frente de suas oponentes.

Seu mundo parecia um furacão.
Eu seria o seu centro.

 Fiquei admirada de como era diferente o clima entre as candidatas. Quando Amberly falou para America e as outras candidatas, que em sua época elas se tornaram amigas, ficava até difícil de acreditar em meio aquela "briga de foice" em que as candidatas se encontravam. Mas o que esquecemos é que a seleção de Amberly se passou em outra época, onde a moças eram mais recatadas e criadas de uma forma diferente. Já na seleção de América, as coisas estavam muito mais conturbadas na sociedade e elas viviam de uma forma mais moderna também, onde as mulheres já eram cheias de opiniões (como nós! Hehehe...).

 Eu gostei muito de ver um pouquinho da seleção de Amberly, mas confesso que ficou um gostinho de quero mais. Com as descobertas que tive, só fez com que novas coisas eu quisesse saber e isso me deixou bem frustrada! Setenta páginas foram poucas para mim! Claro que a lerda aqui não se ligou num pequeno detalhe: A Rainha é um conto e é óbvio que seguiria o padrão dos contos de O Príncipe e O Guarda, que foram pequenos. Por essa razão dei 5 estrelas no Skoob, compreendendo que A Rainha é apenas um conto que não tinha como objetivo narrar todo o processo da seleção de Amberly (mesmo que eu quisesse muito isso!).

 Terminei a leitura confirmando o que eu já sabia: Nosso querido Maxon é esse cara carinhoso, determinado e apaixonante graças a sua mãe! Foi a ela que ele puxou e isso é maravilhoso, porque Amberly sem dúvida, é uma das minhas personagens favoritas dessa série.

 Confiram as resenhas e todas as novidades sobre a série A Seleção AQUI.



Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

11 comentários

Clique aqui para comentários
21/05/2015 01:52 ×

Então. Fiquei muito curiosa pelo seu texto. Mas voltarei quando terminar a leitura dos livros. *-* Ainda não consegui terminá-los. Saudações pelo blog!

Abraço!
Pensamentos Valem Ouro

Responder
avatar
21/05/2015 02:39 ×

Olá, esse é o único conto que eu ainda não li! Acho que eu fiquei tão abalada com o que acontece no fim de A Escolha que estou enrolando até hoje para ler, acho que agora que já li A Herdeira e vou ter que esperar 1 ano pela continuação eu leio A Rainha pra não ficar sem nada hahaha

Beijos,
www.paraisoliterario.com

Responder
avatar
mundo " B "
admin
21/05/2015 12:37 ×

Ei Carol, tudo bem?

Quero muito ler esse conto.
Desde que li os Contos da Seleção minha curiosidade sobre essa serie so cresce.

Bjin da B
Jéssica Brenda
Mundo B - Paixão, Amor e Outros Vícios

Responder
avatar
Carol Kurras
admin
21/05/2015 13:36 ×

Oi Carol!
Nossa desde o fim de A escolha fiquei curiosissima para saber mais sobre a rainha, mas ainda não tive tempo de pegar o conto pra ler.
Também queria muito saber mais sobre todo o processo de seleção dela, acho que seria uma história e tanto.
Beijos
Carol
www.sobrevicioselivros.com

Responder
avatar
21/05/2015 16:00 ×

Oi Carol, tudo bem?

Ainn.. Estou louca para ler esse conto da Rainha Amberly , também queria como ele se apaixonou por aquele homem porque o rei horrível. Já li os três livros da história de América e dos contos só li o do Príncipe. Maxon é a coisa mais fofa do mundo. Agora quero ler A Herdeira.

Beijos
Leitora sempre

Responder
avatar
Gab Bastos
admin
22/05/2015 16:21 ×

Oi oi, como vai??
Tenho o conto e acredita que ainda não li?? Depois da tua resenha, assim que tiver um tempo vou ler.
Gostei muito de saber que podemos descobrir mais sobre a rainha e fiquei bem curiosa pra saber como foi a seleção na época dela e ver esse clima amigável que quase não vimos nos livros hahahaha
Uma pena que realmente é só um conto e não abrange tudo que nós (curiosos) gostaríamos, mas ainda assim estou ansiosa para ler!
Beijos!

Responder
avatar
28/05/2015 15:01 ×

Oi!
Li apenas o A seleção, e a história não me cativou para continuar a série. A autora não cumpri com a proposta, o cenário é distópico mas, infelizmente, o romance é o grande destaque e ela perdeu a chance de trabalhar muitos pontos interessantes e ainda assim garantir o espaço para o romance. Mas, infelizmente, ela não fez isso.
Sei que tem agradado muitos leitores, mas acho que é uma questão de gosto literário haha
Beijinhos :*

Responder
avatar
29/05/2015 13:29 ×

Como não li a trilogia eu também não li sua resenha... Mas acredito que seja positiva, todos amam essa serie..kkkkkj
Eu ainda irei ler tanto a trilogia quanto os contos!!!

Beijos!

Responder
avatar
02/06/2015 10:21 ×

Eu gostei demais da Amberly e também queria mais sobre ela. Deu pra entender um pouco, bem pouco, do amor dela pelo Clarkson, mas enfim... Só me decepciona co.mpará-la como rainha com a America, que mudou bastante.
Beijinhos!
Giulia - www.prazermechamolivro.com

Responder
avatar
02/06/2015 18:21 ×

Oi, Carol!!!
Poxa, eu baixei esse conto há algum tempo, e está no meu kindle até hoje, ainda não parei pra ler.
Mas essa sua resenha me deixou com vontade de ler, acho que vou fazer logo isso.
A Amberly é mesma uma fofa, e eu amei ela também. Uma personagem muito querida!

Beijinhos!
Jaque - Meus Livros, Meu Mundo.

Responder
avatar
28/07/2015 21:28 ×

Olá Carol! Tudo bem?
Eu estou com todos os livros da Seleção aqui em casa, mas ainda não tive a oportunidade de lê-los ainda acredita? Comprei no começo do ano e nada até agora hehehe Essa vida de adulto não é mole viu? Mas enfim, tenho uma curiosidade imensa de conhecer a escrita da Kiera e saber o porque que ela é tão querida pelos leitores.
Parabéns pela resenha, só me fez ficar mais empolgada ainda em saber mais sobre esses personagens tão amados no mundo literário! Beijos Pão de Queijo.

Responder
avatar

Querido leitor,

Seus comentários deixam o nosso cantinho ainda mais especial. Agradecemos muito a sua participação! Até o próximo post! ;)

Equipe do Citação
ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário