Música | Mariah Carey - O retorno?

 

 É pessoal, será que realmente Mariah Carey voltou ao estrelato!?

 Após longos anos sem conseguir alcançar êxito com lançamentos de singles, a gravadora investiu em mais um álbum de coletâneas. O álbum se chama "#1 To Infinity" (sucesso de vendas) , que trás uma música nova de trabalho enquanto as outras faixas são "os grandes sucessos de Mariah Carey", ao longo dos seus 25 anos de carreira. Sim, ela iniciou a carreira em 1990 e eu me lembro! (Risos).

 Vinte e cinco anos de muitos altos e baixos, alguns desastrosos, como o casamento trágico com o dono de sua mais importante gravadora (até hoje) e também o lançamento derrotado de seu filme "Glitter". O filme recebeu tantas críticas pesadas, devido à péssima qualidade de fotografia e à falta de talento de Mariah Carey, que ela teve sérios problemas de saúde, pois isso tudo custou muito caro ao seu bolso. Ela havia acabado de assinar um contrato milionário com a gravadora, no qual arrecadaria 100 milhões de dólares e só ganhou 49 milhões, pois o filme destruiu a imagem da cantora de uma forma tão drástica, que a gravadora rescindiu contrato. E iniciou sua decadência. Tenso gente!!!


 A imagem dela sempre separou opiniões, devido os grandes decotes e roupas extremamente sensuais. Enfim...... Há quem ame, há quem odeie.

 Mas não podemos esquecer também dos louros que Carey colheu:

 No ano de 2000, Carey foi declarada a artista feminina que mais vendeu discos no milênio. De acordo com a Recording Industry Association of America (RIAA). Atualmente se contabiliza mais de 250 milhões de cópias vendidas em todo mundo. Difícil marca à ser ultrapassada.

A cantora também coleciona muitos "feats".

A música que colocou ela no mapa foi o single "One Sweet Day", um dueto com o grupo Boyz II Men.

 O mais importante de toda a história até hoje, foi "When You Believe", um dueto com Whitney Houston, tema do filme " Moisés, O príncipe do Egito". Copilado como o dueto mais importante de toda a história da música Internacional. Eu sempre me emociono quando ouço essa música. Sem dúvidas,  é uma raridade no meio musical. É de tirar o fôlego! !!!!

 Entre as canções mais importantes de sua carreira, como não citar a canção "I'll be there"? Canção que foi regravada do grupo Jackson's Five. Inesquecíveis! !!!

 O retorno da diva iniciou timidamente e em 2012 já estava com sua imagem totalmente recomposta, quando tornou-se jurada na bancada do American Idols, ao lado de Nicki Minaj, Randy Jackson e Keith Urban.


 De volta aos palcos, em 2015, Mariah Carey assinou um milionário contrato em Las Vegas para se apresentar no Colesseum, mesmo teatro que Celine Dion se apresenta, há mais de 10 anos. 

 Mas o que deixou os críticos de música encucados é que a dona das notas agudíssimas e melismas falsetados, não está mais na mesma potência, de antes. Obviamente por seus 45 anos de idade, mas as apresentações da cantora tiveram que passar por mudanças de tons, o que ainda não a impediu de semitonar e perder o fôlego na frente de milhares de fãs. Foi frustrante!!!!

Entendam bem:

 No Natal de 2014, Mariah se apresentou muito acima do peso, no centro de Nova York e desafinou tanto no "ao vivo", que no dia seguinte estampou todas as capas de jornais e sites mundo à fora. Parece que ela estava gripada, devido o inverno rigoroso dos EUA, parece que está gripada novamente, mas sem cura, dessa vez. Não dá pra comparar a qualidade do que ela fez "em estúdio" com Infinity ( sua música nova) e depois no "ao vivo". Corram do "live" pessoal, não assistam à apresentação da Billboard e nem a do show em Las Vegas. Ah, e não façam também a comparação..... Socorro!!


 Talvez ela realmente tenha passado por uma brusca mudança de timbre, mas seria legal assumir que toda a potência dos anos 90, foi embora.

 Filha de uma professora de canto, Mariah aprendeu a cantar muito nova, e ocupa um lindo lugar no Guinness Book, devido às suas altas notas. Quem não se lembra dos gritinhos agudos de "Mimi", como é chamada por seus fãs?! E é frustrante vê-la tentar fazer as mesmas notas e sem nenhum sucesso!

 Mas vamos falar de coisas boas, gente!

 Carey também é creditada por estabelecer os gêneros R&B e hip-hop na cultura pop e por popularizar as participações de rappers nas canções.

 É um dever afirmar o quanto a cantora é pioneira no seu ramo e influenciou tantas outras novas divas, como Christina Aguilera, que declarou recentemente:
 Apesar de ter crescido ouvindo Whitney Houston, foi Mariah Carey, quem me influenciou musicalmente. 
 Tomara que seja apenas uma fase e que Mariah volte à sua potência vocal.

Gorda ou magra, com ou sem gravadora, talento é algo nato nessa cantora, compositora e atriz.

Welcome back Mariah!

Caleb Rinavi 
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Querido leitor,

Seus comentários deixam o nosso cantinho ainda mais especial. Agradecemos muito a sua participação! Até o próximo post! ;)

Equipe do Citação
ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário