Resenha | Subindo Pelas Paredes


Livro: Subindo Pelas Paredes
Autor (a): Alice Clayton
Páginas: 280
Editora: Benvirá
Classificação:     

Sinopse: A primeira noite de Caroline em seu novo apartamento é promessa de que dias – e noites – agitada virão. Ela não poderia imaginar que dividira a fina parede de seu quarto com um cara capaz de deixar uma mulher completamente maluca na cama. Aliás, uma não Caroline já contou pelo menos três gritos e gemidos diferentes.

Conviver toda madrugada com a animação do apartamento ao lado deixa Caroline ainda mais afundada na crise sexual que a acompanha há tempos. Mas ela nem sequer pode imaginar que o vizinho que ela abomina pode ser o único capaz de lhe trazer de volta seus orgasmos.
Em “Subindo pelas paredes”, Alice Clayton mistura humor paixão e boas doses de sensualidade, capazes de fazer qualquer uma cair de joelhos e se apaixonar.

Não vou dizer para vocês que se trata de uma obra genial, mas é muito competente ao que se propõem: algumas horas de diversão. É um livro fácil, leve, rápido, engraçado e muito fofo. Não traz nada de novo, ou de surpreendente, é cheinho de clichês, mas nem por isso deixa de ser uma leitura agradável, nem por isso a gente deixa de torcer pelos personagens.


O título em inglês Wallbanger é perfeito, mas acho que apesar do termo ser usado durante o livro, a editora se preocupou com a reação que causaria na capa, "Trepador de Paredes". Este é o apelido que Caroline dá para Simon pelo motivo que fica claro na sinopse, se ele estivesse realmente transando com a parede dela, talvez não fosse tão vívido.

A graça da história está no fato de que Caroline é jovem, solteira, bonita, poderia ter uma vida sexualmente ativa, mas não tem. Isso porque depois de algumas relações muito ruins, ela parou de conseguir ter orgasmos. Não importa o que ela faça, nem mesmo sozinha, ela simplesmente não consegue mais e por isso desistiu, resolveu dar um tempo de qualquer atividade sexual. O problema que Simon não só tem vida ativa, como suas parceiras são bem claras a respeito dos orgasmos que ele proporciona. Com uma parede fina, tão fina que até mesmo as conversas podem ser ouvidas com facilidade, isso se torna motivo de estresse, briga e claro tensão sexual! Daí vocês podem imaginar como isso vai acabar. 

O livro é basicamente comédia, mas tem uma temperatura elevada, só que o final é muito fofinho, romântico do tipo conto de fadas (não to falando de casamento). Uma excelente distração!

Além desse livro a autora tem diversas obras publicadas no mesmo estilo, mas no Brasil só foram lançados mais 3 livros dela pela Editora Universo dos Livros:

  •  A ruiva misteriosa
  • A ruiva revelada
  • A ruiva popstar

Espero que gostem! Beijos!




Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

2 comentários

Clique aqui para comentários
22/06/2016 14:56 ×

Olá,
O livro me pareceu um pouco hot e só por isso já amei! Não ligo para os clichês, eles são até bons hahah. Adorei conhecer a obra e fiquei empolgada para ler. Realmente o título seria um pouco chamativo demais com essa tradução. Espero ler em breve!
Beijos.
http://www.virandoamor.com/

Responder
avatar
Val
admin
22/06/2016 22:05 ×

Ele é hot sim, mas é um hot leve, mais romântico que pornográfico, bem, acho que o termo certo seria é um romance para adultos e não criancinhas! rs É bem gostozinho de ler!!!
Bjo

Responder
avatar

Querido leitor,

Seus comentários deixam o nosso cantinho ainda mais especial. Agradecemos muito a sua participação! Até o próximo post! ;)

Equipe do Citação
ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário