Semana Especial Como eu era antes de você | Resenha do livro


Oieee People!!! Tudo bem???
Tenho certeza que agora vai ficar muito melhor pra você que acompanha o Citação. Estamos começando hoje uma semana pra lá de Especial. Sim, sim!!! A SEMANA ESPECIAL COMO EU ERA ANTES DE VOCÊ. Durante 4 dias vamos falar sobre esse fenômeno de Jojo Moyes que logo logo estará no cinema. Muitos estão ansiosos contando os dias para que chegue logo dia 16 de junho. Finalmente, está chegando a hora de nos emocionarmos com Como eu era antes de você, mas dessa vez na telona. O livro de Jojo Moyes foi e é um verdadeiro sucesso e com certeza, vem um recorde de bilheteria. Mas, enquanto não podemos ver o filme, o Citação vem ressaltar como essa história é maravilhosa, falando um pouquinho do livro. Vamos conversar sobre essa história que arrebatou muitos corações (sem spoiler), fez muita, muita gente cair aos prantos. Preparados? Antes, tenho uma dica: separe um lencinho porque vai ser necessário.

Livro: Como eu era antes de você
Autor (a): Jojo Moyes
Páginas: 320
Editora: Intrínseca
Classificação:  ♥ ♥ ♥  ♥ 
Sinopse: Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Além disso, trabalha como garçonete num café, um emprego que ela adora e que, apesar de não pagar muito, ajuda nas despesas. E namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe. Quando o café fecha as portas, Lou se vê obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, a ex-garçonete consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto e planeja dar um fim ao seu sofrimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

***

Então, temos Lou, que leva uma vida totalmente monótona e que não tem a menor vontade que tudo melhore. Está tudo muito bom, está tudo muito bem, até que se vê desempregada, pois a cafeteria em que trabalha será fechada. Como ela ajuda nas despesas de casa, não poderia ficar sem trabalhar e, após muita procura, percebe que não está qualificada para assumir outro emprego. Assim, não tendo muitas opções, acaba aceitando um último emprego que oferecem: cuidadora de um paraplégico por apenas 6 meses. Seu novo emprego é numa bela mansão e quem ficará sob seus cuidados é Will Traynor, que após sofrer um acidente, perde todos os movimentos do pescoço para baixo. Antes do acidente, Will era um advogado bem requisitado e que nas suas horas livres vivia de muito esporte radical. Após o acidente de moto, Will se vê preso à cadeira de rodas e muda totalmente: vira um homem muito amargurado e infeliz. O mau humor é seu maior amigo. A relação entre Will e Lou, inicialmente, é a pior possível. Will desconta toda sua grosseria nela, demonstrando e falando o tempo todo que não precisa da ajuda.
Se não fosse a mãe de Will, que tanto pediu e insistiu que continuasse, Lou já teria abandonado o emprego. Lou foi aguentando todo o sarcasmo e mau humor de Will todos os dias, até que essa convivência diária começou a ficar mais agradável e, assim, passam a fazer muitas atividades juntos, como ver filmes, passeios... e a relação vai virando uma amizade bem bonita. Lou começa a dar muitos incentivos para Will enquanto que ele demonstra a cada dia o quanto ela pode ser capaz de dar um ânimo na sua vida, até então, "sem sal".  E assim, queridos amigos, nós leitores vamos embarcando na escrita mais que perfeita da Jojo e somos levados a nos emocionar a todo momento da história. Tudo é descrito de forma tão simples mas, ao mesmo tempo, tão intensa, que não tem como passar por esse livro sem derramar algumas lágrimas ou, ao menos, ficar com os olhos marejados.
Will é um cara apaixonante. Mesmo com sua limitação, tenta mostrar a Lou o quanto ela pode e deve mudar seu modo de vida, pois ela TEM uma vida.
Você só vive uma vez. É sua obrigação aproveitar a vida da melhor forma possível.
Lou vive experiências riquíssimas com Will e começa a perceber que pode ter uma vida mais interessante, que pode e deve sair de uma conformidade que não a estava levando a lugar algum. Essa convivência foi transformadora para os dois e, pode ter certeza, pra você também que leu ou que ainda vai ler.
Ser atirada para dentro de uma vida totalmente diferente – ou, pelo menos, jogada com tanta força na vida de outra pessoa a ponto de parecer bater com a cara na janela dela – obriga a repensar sua ideia a respeito de quem você é. Ou sobre como os outros o veem.
Esse livro me ganhou. A história é linda, os personagens carismáticos e ainda nos envolve em um ambiente que muitas vezes não temos a mínima ideia de como pode ser sofrido. Jojo Moyes nos leva, com uma linguagem fácil, a compreender o que Will passa, todas as suas dificuldades e principalmente todas as suas dores. Fica quase que palpável, perceber as limitações a que tem que conviver e como isso abala psicologicamente um homem que, antes de sofrer o acidente, vivia da forma mais livre possível, aproveitando tudo que podia. Não preciso dizer o quanto deve  ser difícil para uma pessoa super ativa, "perder" tudo de uma hora para outra, né?
Os dois personagens se ajudaram mutuamente. Os dois foram importantes um para o outro e deixaram marcas. Aprenderam que podem ser felizes mesmo com todas as dificuldades e que deve-se viver com mais gosto pela vida. Juntos construíram um sentimento puro e lindo.
Não consegui ver sua boca, mas seus olhos se apertaram, um pouco divertidos. Eu queria que continuassem assim. Queria que ele fosse feliz, que seu rosto perdesse aquele ar assustado e alerta. Comecei a tagarelar. Contei piadas. Cantarolei baixinho. Fiz de tudo para estender o momento antes que ele voltasse a ser sombrio
Emocionante é o mínimo pra se dizer dessa leitura. Chorei horrores e fiquei com aquele sentimento bom, após terminar uma boa história. Sei que muitas pessoas criticaram o final, que poderia ter sido diferente e tal... que muitos odiaram toda a história por causa do final. Ok. Pode não ser o melhor final para muitos, mas acredito que a autora foi bem coerente. E, também acho que um final indesejável pra gente, não quer dizer que toda história seja ruim, né? Enfim people, a história é linda, emocionante, cativante e a reflexão sobre coisas que muitas vezes não damos importância é parte obrigatória pós-leitura. Agora, caso queira uma leitura leve apenas pra se distrair, sinto muito em dizer que esse não seria um bom livro para ler no momento.
Não sei se consegui colocar aqui nesse texto tudo de bom que esse livro é. Confesso que é muito difícil dizer tudo que senti durante e depois da leitura. Mas espero que tenha ficado claro o quanto se trata de uma obra linda, emocionante e que todos deveriam ler em algum momento da vida. Por isso, você que ainda não leu, não demore muito a se derramar nessa história. Garanto que vale a pena.
 Chorei, gente? Sim, chorei. Ri? Sim. "Se chorei ou se sorri o importante é que emoções eu viviiiii!!!"



A editora Intrínseca lançou uma nova edição com a capa do filme e ficou simplesmente linda!!!


Bem people, espero que tenham gostado da resenha e convido vocês a acompanharem os próximos posts, como eu disse, todos em relação ao Como eu era antes de você que, aliás, já tem um segundo livro lançado recentemente (que será falado também durante esse Especial) o DEPOIS DE VOCÊ.
É isso. Espero o comentário de vocês!


Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

10 comentários

Clique aqui para comentários
Jhane Angel
admin
14/06/2016 11:12 ×

Adorei o livro, um dos meus favoritos.... arrasou no post Thaís

Responder
avatar
Helana Ohara
admin
14/06/2016 22:09 ×

Ainda não li o livro, mas de tanto ouvir falar já sei que ele morre hehehehehehe então quando toda essa onda passar talvez eu leia ainda não sei.
A história parece ser muito bonita, realmente

Responder
avatar
Leticia Golz
admin
15/06/2016 16:14 ×

Oi, Thais
Amei também esse livro e sexta vou assistir ao filme.
O final não agradou muita gente mesmo, e eu inclusive quase taquei esse livro na parede quando terminei de ler rs Sofri horrores! Mas aos poucos fui me recuperando. Que bom que também gostou.

Responder
avatar
15/06/2016 19:40 ×

Apesar de te-lo na estante (da minha irmã), ainda não cheguei a ler o livro e não sei se irei ao cinema ver o filme. O negócio é que eu não sou muito fã de sick-lit (talvez por eu mesma sofrer de uma doença incurável, de sofrimento e luta bastam os meus), mas não posso deixar de reconhecer que é mesmo uma boa premissa e o enredo parece ótimo. Talvez, quando perder esse foco todo, eu leia (coisa de aquariana NÃO seguir a moda). ;)

Responder
avatar
Thatyane
admin
15/06/2016 21:21 ×

Oi, eu amei ler esse livro e a escrita da Jojo, sério, eu ri, eu chorei, e voltei a rir e chorar mais ainda, simplesmente não sei descrever o quanto amei ler esse livro e ele é considerado um dos meus livros favoritos da vida. Estou ansiosa para ver o filme e estou contando os minutos para assistir rir e chorar bastante. Amei sua resenha e só me deixou com saudades desse livro e louca para ver logo o filme.
bjus

Responder
avatar
Milena Nones
admin
19/06/2016 11:47 ×

Olá! Já li esse livro e fiquei apaixonada e revoltada ao mesmo tempo! Chorei litros! Jojo destruindo corações... Amei sua resenha.

Beijos

Responder
avatar
20/06/2016 09:10 ×

Olá.
Fico dividido com livros assim. Vi comentários positivos e negativos e isso só aumenta minha indecisão. Mas de uma coisa eu sei, o filme vou assistir em breve.
Segue o Instagram do blog @clicheimperial.
Abraços

Responder
avatar
21/06/2016 11:57 ×

Oi Thaís, sua linda, tudo bem?
Hoje eu li uma crítica sobre o filme informando que não é tão profundo quanto o livro. Mesmo assim, não vejo a hora de assistir. Ainda não li o livro e já sei que serie destruída no final, como romântica incurável, nunca imaginei que ele faria isso. A autora foi muito corajosa com sua escolha. Não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima!!!
beijinhos.
cila.
http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

Responder
avatar
Dani Silva
admin
04/07/2016 20:39 ×

oie
tanto o livro como o filme são lindos,a escrita da autora é envolvente, é impossível não se apaixonar por esses dois ;)
bjs

Responder
avatar

Querido leitor,

Seus comentários deixam o nosso cantinho ainda mais especial. Agradecemos muito a sua participação! Até o próximo post! ;)

Equipe do Citação
ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário