Friends


Em 22 de setembro de 1994 foi ao ar pela primeira vez na NBC o piloto da série Friends, David Crane e Marta Kauffman seus criadores com certeza não tinham ideia do que viria a seguir. Foram 10 anos, um total de 236 episódios, até o final exibido dia 6 de maio de 2004, e uma história que por si só daria outra série!
Eu não saberia dizer as indicações e premiações, então vou pegar uma cola na Wikipedia para vocês terem uma ideia, ao todo foram quase 200 indicações:

“A série foi indicada a 63 Primetime Emmy Awards, vencendo seis. Aniston e Lisa Kudrow são os únicos membros do elenco principal que ganharam um Emmy, enquanto Cox foi a única atriz que não foi indicada. A série ganhou o Emmy de 2002 na categoria de "Melhor série de comédia", com nomeações em 1995, 1996, 1999, 2000 e 2003. A série também ganhou um American Comedy Award, um GLAAD Media Award, um Golden Globe Award, três Logie Awards, seis People's Choice Awards, um Satellite Award e um Screen Actors Guild Awards.”

Achou pouco?



Friends se manteve entre os top 10 na audiência americana por todas as suas temporadas! Até agora, foi a única sitcom que alcançou o primeiro lugar em audiência na televisão! O final da série foi visto por 52,4 milhões de telespectadores só nos EUA, tornando-se o quarto episódio final de séries mais assistido na história da televisão. E vale lembrar que na lista de 10 mais, Friends é a mais recente, ou seja, depois dela ninguém mais chegou perto!

O penteado de Jennifer Aniston foi apelidado de "The Rachel" e copiado em todo o mundo. A frase do Joey, "How you doin'?" (em português: Como você está?) dita do jeito Joey é usada até hoje como forma de comprimento entre amigos. Milhares de cafés se inspiraram no Central Perk, eu mesma as vezes mando meu marido “ir a Napoli”, Friends é a marca de uma época, a identidade de uma geração, o retrato dos relacionamentos na virada do milênio.

Ou seja, se você nunca viu Friends, você não sabe nada de televisão!



A história gira em torno de seis amigos e se inicia quando Rachel (Jennifer Aniston) decide fugir no dia de seu casamento e vai pedir abrigo na casa de sua amiga Monica (Courteney Cox) em NY. Acontece que Rachel era uma mulher fútil e mimada que não sabe fazer nada da vida a não ser compras e não via Monica a anos, nem sequer a convidou para o casamento. Sem saber o que fazer, mas sem coragem de expulsá-la, Monica recebe Rachel e a deixa ser sua colega de apartamento no lugar de Phoebe (Lisa Kudrow) que havia se mudado para a casa da avó.

No mesmo prédio, no apartamento em frente ao de Monica moram Joey (Matt LeBlanc), um ator mal sucedido, mas cheio de charme e jeito com as mulheres e Chandler (Matthew Perry), um jovem executivo atrapalhado com dificuldades de relacionamento. Para completar o elenco principal, temos ainda Ross (David Schwimmer), irmão de Monica que acabou de ser trocado pela mulher grávida por outra mulher. E que durante a juventude foi loucamente apaixonado por Rachel, que nem o notava.

A primeira temporada trata basicamente dessas questões, Rachel tentando agir como uma mulher adulta, Ross tendo uma recaída por ela e sendo ignorado, Joey se dando bem com as mulheres, Chandler se ferrando e Monica sendo a pessoa centrada na história, enquanto Phoebe tenta alavancar uma carreira de cantora para a qual não tem o menor talento, fazendo a parte mais cômica, mais pastelão.


Mas as coisas não ficam assim, com os anos várias reviravoltas vão mexer com os personagens. Joey vai ficando mais cômico, a loucura de Phoebe vai ficando mais sábia, Monica menos centrada, Chandler menos atrapalhado, Ross menos conservador e Rachel menos insensível,  todos vão amadurecendo, se envolvendo em vários relacionamentos até um final emocionante e apaixonante. Nossa, como eu chorei! Apesar das histórias de amor, acho que o que mais me marcou em Friends, é a força da amizade, capacidade de sermos amigos, de superarmos as diferenças, os desencontros, de darmos as mãos de verdade. Mais do que as histórias de amor, Friends deixa aquele gostinho que não existe amor verdadeiro sem amizade, que nada é mais forte que a amizade sincera que torna a vida mais fácil e colorida.

Juntos eles casam, separam, tem filhos, são promovidos, são demitidos, enriquecem, empobrecem, emagrecem, engordam, enlouquecem e nos enlouquecem. Tem episódios impagáveis como o da participação do Brad Pitt, na época marido de Jennifer Aniston, todos os episódios de nascimento e casamento (não vou dar spoiler dizendo quem casa e quem nasce, mas foram TODOS incríveis), o episódio que a Rachel descobre que Ross gosta dela e também o que ele descobre que ela sabe e que correspondia ele (que ela toma um porre e deixa na secretária eletrônica que superou ele), Chandler embarcando para o Iêmen para fugir da Janice (Oh my God!), aliás todos os episódios do namoro do Chandler com a... bem, desde a fugidinha no casamento nº 2 do Ross (aquele em Londres, que ele diz...) até o dia do próprio casamento deles! Disparado meu casal preferido! E a história do Vick Vaporub? Rs A reação de cada um conforme ía descobrindo? Rs

E o momento que Paul Rudd entra na série como Mike, namorado de Phoebe? Ele ainda novinho, depois disso fiquei muito fã dele e não parei de acompanhar a carreira dele, que só ficou conhecido do público brasileiro agora depois do Homem-Formiga. Quando a Phoebe foi apresentada para os pais dele? E o episódio dos ratinhos? A mania de limpeza da Monica e a irmã gêmea pilantra da Phoebe! A Rachel cantando para Emma “I like big butts”, o que posso dizer? Vocês têm de ver!


Tantos momentos! Eu já vi todos os episódios em sequência umas 5 vezes, mas sempre que passa a reprise, eu acabo vendo, tem episódios que devo ter visto umas 20 vezes. Fazer o que?

Friends não acabou pela queda na audiência, ou mesmo conflito de vaidades no set, o sucesso foi tanto e as carreiras individuais decolaram de tal forma que simplesmente foi impossível manter o show no ar, nos últimos anos já temos vários episódios em flashback e onde só parte do elenco aparece, especulava-se que os atores estariam recebendo 1 milhão de dólares por episódio. Conciliar horários de gravações com as carreiras cinematográficas estava quase impossível. A décima temporada só aconteceu para poder dar um final a história e teve apenas 10 episódios. E muito se falou de um filme longa para o cinema reunindo os amigos, mas esse projeto nunca chegou a ir a frente, então ao menos por enquanto, não haverá filme nenhum.

Existe toda uma geração que não tinha nascido ou era muito pequena naquela época, você vão estranhar as roupas e os cabelos, vão se perguntar como eles puderam ditar moda, mas mesmo assim vocês vão se divertir, porque o humor deles é atemporal!

Essa é a dica dessa semana! Beijo e até semana que vem!

Tchau!





Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Querido leitor,

Seus comentários deixam o nosso cantinho ainda mais especial. Agradecemos muito a sua participação! Até o próximo post! ;)

Equipe do Citação
ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário