Stranger Things


Olá galera!!! Essa semana vamos falar de uma série que estreou a pouco mais de um mês na Netflix e que já causou polêmica!

Strangers Things é uma série de terror leve que reúne alguns dos clichês mais adorados do cinema:
  • Uma atriz consagrada, porém, decadente: Winona Ryder (apesar que eu diria o mesmo do Mathew Modine) que como sempre está ótima no papel de uma mãe cujo filho desaparece misteriosamente.
  • Um corajoso, honesto e másculo xerife do interior feito por David Harbour (Chefe Hopper).
  • Um triângulo amoroso adolescente entre Nancy (Natalia Dyer), Jonathan (Charlie Heaton) e Steve (Joe Keery). No início achei que Steve seria um cafajeste clássico, mas fiquei surpresa em ver que a série foi além do óbvio, não é que seja totalmente original, mas é um triângulo fofo. Legal de assistir e difícil de escolher um lado para torcer. Mas eu escolhi mesmo assim, shipando muito Jonancy! rs
  • Uma amizade infantil sincera entre os 4 amigos que cresceram juntos, Mike (Finn Wolfhard), Dustin (Gaten Matarazzo), Lucas (Caleb Maclaughlin) e Will (Noah Schnapp) capazes de fazer qualquer coisa para ajudar um ao outro, aquela velha coisa consagrada de Goonies, E.T. ou Conte Comigo, que traz algo de inocente e poético sobre o que é ser um menino com a cabeça cheia de aventuras e heróis, o coração cheio de coragem e muita inocência.
  • Uma história de primeiro amor entre Onze (Millie Brown) e Mike que é sim nada original, mas quem não gosta?
  • Uma história de primeira vez que não tem muito destaque, mas está lá para agradar ao público jovem.
  • Um complô governamental, claro! Afinal, tem uma coisa que podemos dizer que o povo americano acredita é que quando o assunto é o desconhecido, o governo americano tem de estar envolvido investigando e tentando transformar tudo em arma, ainda mais que a série se passa nos anos 80 em plena Guerra Fria. Esta ideia paradoxal de autoridade ser quem nos protege e ao mesmo tempo quem nos ameaça também é bem velha, bem americana e dá sempre certo.
  • Viagem interdimensional, nessa ficção científica, o que está em jogo não são extraterrestres, e sim seres, monstros de outra dimensão, um universo paralelo. Para embasar a história, a série nos fornece várias curiosidades científicas para fazer qualquer nerd (deixando claro que sou uma) pirar com as possibilidades!
  • Poderes paranormais numa bela jovem, sim, nossa doce Onze é uma paranormal poderosa! Melhor que uma X Men!

Então o que tem de novo? Nada! Mas é tudo muito bem feito, o elenco é bom e o roteiro dinâmico que prende o espectador até o último episódio! Por que tanta polêmica? Parece que atualmente tudo que a Netflix lança vira polêmica! Rs A gente vive uma época que sempre que algo ganha lovers, ganha automaticamente alguns haters, a série faz sim referência a vários filmes e séries, mas ao mesmo tempo que isso diverte uns que tem prazer em procurar tais referências, parece incomodar muito a outros. 

Para a 2ª temporada, teremos uma passagem de tempo de 1 ano o que promete dar uma incrementada nos relacionamentos amorosos e acompanhar o crescimento dos atores. Mas também fala-se de ter uma clima mais sombrio, de ir além de um novo monstro.  Mas ainda não divulgaram se os episódios já começaram a ser escritos!

Bem, são só 8 episódios, então não vai ser difícil para ninguém assistir. Eu gostei! Estou ansiosa pela próxima!

Beijos e até semana que vem!
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Querido leitor,

Seus comentários deixam o nosso cantinho ainda mais especial. Agradecemos muito a sua participação! Até o próximo post! ;)

Equipe do Citação
ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário