Moral da História | A Garota do Calendário - Março

A coluna Moral da História tem como objetivo trabalhar a moral de cada leitura. A cada 15 dias trago reflexões, poesias, textos ou comentários inspirados nos livros que li (nada de trechos copiados do livro), contando o que aprendi ou senti com cada história.




Agora Mia está em Vegas e sua missão é ainda maior: encontrar Blaine e cumprir a promessa de pagar parte de sua dívida ao vivo. Bom, promessa é modo de dizer. No terceiro livro da série "A Garota do Calendário", Mia se depara com um novo cliente. Alguém poderoso, dono de uma rede de restaurantes e pertencente a uma família italiana totalmente tradicional. Ou seja: o papel de Mia é interpretar nada menos que a noiva de Tony Fasano. 

Tudo leva a crer que este será mais um caso bem sucedido, não fosse o fato de a mãe de Tony insistir na produção de netos e o fato de Tony não estar exatamente sozinho. Aos, poucos, conhecemos cada vez mais da vida íntima do boxeador (sim, ele também é famoso pela carreira que construiu no esporte) e nos damos conta do problema que Mia tem nas mãos. Problema esse que dá um tema e tanto para esta coluna: a intolerância.

 O terceiro livro de Audrey Carlan fala não só de uma relação de amizade que se forma em pouco tempo, mas de entendermos que cada um tem direito às próprias escolhas. No caso de Tony, envolve pura e exclusivamente o coração, muito embora ele também queira agradar a própria família. Mas, na verdade, pode ser algo a ser dito para qualquer pessoa cuja decisão de vida, direção sexual ou mesmo escolha profissional passe por algum julgamento. Respeito antes de tudo e antes de qualquer coisa: essa é a lição. É isso que faz a diferença na leitura, é o envolvimento e a evolução dos personagens a partir da intervenção de Mia. E por isso foi muito bacana ler o desfecho desse livro. Bacana, emocionante e realista.  

Aliás, preciso acrescentar: existe uma pessoa que volta nessa história. Só não vou dizer porque hoje quero fazer charme. :)

É, de longe, meu segundo favorito. 

Quem já leu? O que vocês acharam? 
Beijos e até o próximo post!


Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Querido leitor,

Seus comentários deixam o nosso cantinho ainda mais especial. Agradecemos muito a sua participação! Até o próximo post! ;)

Equipe do Citação
ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário