The White Princess


Oi galera, essa semana (16 de abril) estreia The White Princess, mais uma séria histórica sobre a família real inglesa com uma megaprodução supercaprichada! Ela dá sequência à The White Queen, exibida em 2013, uma coprodução da BBC com o canal Starz. A primeira série narrou uma história situada durante a Guerra das Rosas. Já The White Princess é uma adaptação do livro homônimo da mesma escritora, Philippa Gregory, que conta a história da Inglaterra após a Guerra das Rosas, tudo pela perspectiva das mulheres envolvidas. A protagonista é a Rainha Elizabeth de York (Jodie Comer), uma mulher nobre e apaixonada. Mas não esqueçam que apesar de baseada em fatos reais, é uma ficção!



Os historiadores acreditam que nossa mocinha era realmente amável, gentil, respeitosa, constante e querida, uma autêntica dama à moda antiga em uma Corte renascentista. E além de tudo isto, Elizabeth era uma mulher conhecida por sua beleza. Sabe-se que uma duradoura relação, de genuíno amor e afeto, desenvolveu-se entre o casal real. Eles tiveram 8 filhos, sendo que apenas quatro sobreviveram à infância, entre eles, o rei mais famoso de todos os tempos Henrique VIII (fiquem ligados na sua presença).

Então vamos lá entender um pouquinho do que foi esse período!!! Depois do fim da Guerra das Rosas (guerra entre as famílias reais Tudor e York pelo trono inglês), a princesa Elizabeth (também conhecida como Isabel), da casa de York, é oferecida em matrimônio a seu primo em 3ª grau, Henry (Henrique VII), da casa rival de Tudor. Para você não ficar perdido, basta saber que Henrique VII foi o Rei da Inglaterra de 1485 até sua morte em 1509, e o casamento se deu em 1486! Ele tomou o trono depois de derrotar o rei Ricardo III (você vai ouvir sobre isso na série). Ricardo III não era nenhum santo! Ele tomou o trono dos sobrinhos, após a morte de seu irmão o Rei Eduardo IV, que era o pai de nossa mocinha, por isso a ideia de se unir a antiga casa rival, uma vez que haviam sido traídos pela própria casa!!



A série gira em torno desta união, e das ameaças que ela sofre, por ser um casamento político e estar constantemente cercada por boatos de que Richard, irmão desaparecido de Elizabeth, está conspirando para tomar o poder e reclamar o trono. Isto se dá, em boa parte, porque ao assumir o poder, Henrique VII tinha direito de acusar e condenar todos os que lutaram contra ele por traição, mas ele optou por deixar viver alguns opositores. E é nessa brecha deixada por ele na História, que a série baseia sua história. Mas na realidade, Henrique VII foi um rei austero, que controlava firmemente a nobreza, e seu reinado foi relativamente pacífico. Uma rosa que unia as duas rosas que simbolizavam as duas casas se tornou o símbolo real.



A obra de Philippa Gregory, que é dividida em cinco livros, The White Queen, The Red Queen, The Lady of the Rivers, The Kingmaker’s Daughter e The White Princess. A intenção da BBC era a de dar continuidade às adaptações da obra de Philippa. No entanto, a baixa receptividade conquistada pela primeira série no Reino Unido fez com que a BBC descartasse a encomenda de novas adaptações.  O canal Starz decidiu seguir sozinho com a produção e encomendou oito episódios de The White Princess para a Company Pictures em parceria com a Playground.



No elenco também estão Jacob Collins-Levy (Holding the Man e Joe Cinque's Consolation)  como Henrique VII. Essie Davis (Game of Thrones, Miss Fisher’s Murder Mysteries) como a mãe de Elizabeth (a mesma personagem de The White Queen da primeira série). Joanne Whalley (Wolf Hall, The Borgias) como a tia de Elizabeth e irmã dos falecidos Ricardo III e Eduardo IV. Michelle Fairley (Game of Thrones, Rebellion, 24 Horas) como Margaret Beaufort, mãe de Henrique VII, uma mulher calculista. Suki Waterhouse, como Cecily of York, irmã mais nova da Princesa Elizabeth. Rebecca Benson, como Margaret Plantagenet, prima da Princesa Elizabeth. Rhys Connah (Happy Valley), como Teddy. Caroline Goodall (The White Queen), como a Duquesa Cecily. Kenneth Cranham (In the Flesh, 37 Days), como o Bispo Morton; e Vincent Regan (Hit & Miss, Undercover, The Royals), como Jasper Tudor. 



Beijos e até semana que vem!
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Querido leitor,

Seus comentários deixam o nosso cantinho ainda mais especial. Agradecemos muito a sua participação! Até o próximo post! ;)

Equipe do Citação
ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário