Resenha | Amor Imenso - Penelope Ward


Título: Amor Imenso
Autor (a): Penelope Ward
Páginas: 272
Editora: Essência
Classificação:     

Sinopse: Quando um mal-entendido vira combustível para uma tórrida história de amor desde garoto, Justin amava Amelia, que odiava Justin desde que ele se mudou para a casa vizinha à da sua avó, em Rhode Island. Não, nada disso. Amelia também amava Justin, mas um mal-entendido o fez pensar que a garota mais incrível do mundo não correspondia ao seu amor e, pior, o odiava. Os anos se seguiram, e os dois tomaram caminhos distintos até que o destino – e um empurrãozinho de Nana, avó de Amelia – os reuniu novamente na casa onde se conheceram quando eram adolescentes. Obrigados a compartilhar o mesmo espaço, Justin – que aparece na casa de praia de Nana com a namorada – e Amelia vivem como cão e gato. Orgulhosa, a princípio ela não dá o braço a torcer ao amor que sempre sentiu pelo vizinho e reluta o quanto pode contra os encantos de um Justin, agora, mais maduro e.... muito mais atraente. Será que ambos resistirão à paixão e ao desejo que os incita desde a adolescência?

Olá pessoal! Semana passada, eu falei do livro que a Essência acabou de publicar da Penelope e da Vi, Cretino Abusado, essa semana vamos de um outro título da Essência, dessa vez só da Penelope. Vamos lá para mais uma resenha! Bem, Amor Imenso não é o melhor livro da Penelope Ward, é cheio de clichês e bastante óbvio. Tirando por um ou outro fato, você espera que aconteça, exatamente o que acontece, e o tal “mal-entendido” é tão bobo que você só engole porque eram dois adolescentes na época. Mas não é porque você meio que já sabe de cara o que vai rolar, que você não vai curtir as cenas enquanto rola e nem deixar de se emocionar com elas.

Eu já resenhei aqui no Citação outro livro dela publicado no Brasil, Meu Querido Meio Irmão, que é muito superior a este, mas assim como falei naquela resenha, vou repetir nesta: adoro os homens de Penelope. Eles não parecem uma mulher carente falando como vejo em um monte de livros hot, eles são simplesmente homens!

Amelia e Justin se apaixonam desde adolescentes, mas uma infantilidade da Amélia faz ela ir embora, depois ela se arrepende e volta, mas aí é a infantilidade do Justin que faz ele não perdoar ela. Nove anos depois, ele ainda não perdoou ela! Só que a vovó maravilha dela morre, deixa a casa de praia para os dois. Nenhum dos dois quer vender a casa por causa das lembranças da avó, que também era como uma mãe para ele, e nenhum dos dois tem dinheiro para comprar a parte do outro. Então o que eles decidem? Já que se trata de uma casa de veraneio, vão passar o verão juntos! Calma! Cada um em seu quarto, até porque Justin tem uma namorada amorzinho que vai junto. Mas daí vocês já podem imaginar o que vai acontecer.

Leitura super leve, super rápida, não chega a dar aquele calorão, mas tem cenas bem sexys que você vai ficar na cabeça um tempo. É uma pena que mais livros da Penelope não tenham sido ainda publicados no Brasil, é uma das melhores escritoras hot da atualidade. Diversão garantida! Vale a pena!

Beijo e até a próxima!
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Querido leitor,

Seus comentários deixam o nosso cantinho ainda mais especial. Agradecemos muito a sua participação! Até o próximo post! ;)

Equipe do Citação
ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário