Toque de Dorama | O Romance de uma bruxa



Título: Wicht’s Romance
Também conhecido por: 마녀의 연애, Manyeoui Yeonae , A Witch's Love
Gênero: drama, romance, comédia, carreira.
Tags:  romance com diferença de idade, conflito de gerações, quebrando tabus, mulher mais velha que o homem, carreira versus casamento, feminismo, direitos da mulher, preconceito, família.
País: Coreia
Número de episódios: 16
Exibição: 14 de Abril de 2014 – 10 de Junho de 2014
Canal: TVN
Duração do episódio: 60 min.



Annyeonghaseyo! Como é que vocês passaram a semana? Prontos para conhecer mais um dorama? Tem um tema em dorama que é bastante recorrente, o amor entre a mulher experiente e o garotão, e apesar de na vida real o oriente não ser diferente daqui, e romances com diferença de idade serem mais comuns com homens mais velhos, nos doramas parece que o tema atrai mais quando é a mulher. Acho que porque você junta o galã em seu auge com uma atriz que não tem mais de se preocupar em passar uma imagem de santinha, nem você tem de se preocupar se o povo tá achando imoral, as cenas podem ser quentes, pode-se falar de sexo sem medo da censura do público. 


Nesse aqui, o primeiro beijo sai no 1º episódio, no seguinte, eles já dão um amasso e quase e no terceiro, ele dorme na casa dela, isso tudo e eles nem sequer estavam namorando! Mal se conheciam!

Agora, me toquei que desde que criei a coluna, não falei de nenhuma história com diferença de idade! Deixei as noonas de fora? Que absurdo! Afinal de contas, a gente envelhece, mas não fica cega, e o mundo tá cheio de novinhos lindos e eu amo um monte desses doramas. Esse novinho aqui tava começando a carreira, ator e personagem, o ator começando a fazer sucesso, e já era sensacional trabalhando, e merece todo sucesso que tá fazendo hoje! To falando de Park Seo Joon, em seu primeiro papel de protagonista, com 25 aninhos.

Wicht’s Romance é um romance entre uma mulher de 39 anos e um jovem de 24/25. O dorama podia muito bem ser caricato, porque é ainda um tema tabu e muitas vezes infantilizam o mais velho. Mas esse k-drama é engraçado, sexy, inteligente, fala sobre o papel da mulher perante a família, a sociedade e no mercado de trabalho sem perder o ritmo.   

Ban Ji Yeon (Uhm Jung Hwa) é uma jornalista investigativa que está atrás de um famoso ator com pretensões na política, ela tem fontes de que ele mantém uma amante e uma filha escondidas. Logo no comecinho já temos uma cena de ação com comédia bem divertida, que já dá uma pista do ritmo e da energia do dorama. Ban Ji Yeon não é uma mulher qualquer, ela é uma mulher que se dedica sem limites a sua profissão, ela é boa no que faz, mas é muito fria e por isso não tem muitos amigos. Os colegas de trabalho a detestam! Mas ela não ficou assim sem motivo e você vai conhecer e se emocionar com a história dela.

É por causa desse temperamento nada agradável dela que entra em cena nosso protagonista: Yoon Dong Ha (Park Seo Joon), um rapaz de 25 anos, sócio de uma pequena empresa de serviços de meio período, algo parecido com os nossos “maridos de aluguel” só que com muito mais tipos de serviços incluídos. Primeiro ele aparece dando uma aula de defesa pessoal para adolescentes, em seguida, está vestido de Papai Noel distribuindo presentes para crianças de um orfanato. É aí que entra nossa bruxa, ela simplesmente rouba a bicicleta que seria doada e mais um monte de presentes para perseguir o tal ator. O que Dong Ha faz? Sai correndo atrás dela! Mas quando se encontram, ela não pede desculpa, ela age como uma verdadeira bruxa.

Obvio que depois disso a relação não começa de um jeito muito simpático e amistoso!



A princípio basta saber que ela era noiva de um fotógrafo incrível, um casal super apaixonado, mas no dia de seu casamento, ela recebeu uma ligação da secretária dele avisando que ele não compareceria e terminando a relação deles. Claro que ela ficou na pior, quem não ficaria? Ela passou a acreditar que o casamento não era para ela. Depois disso, ela só se dedicou ao trabalho, e de tal forma que os colegas a apelidaram de Bruxa. 

Contudo, vocês já sabem qual a regra básica de todo roteiro de dorama, tem de ter coincidências. A primeira se dá quando Dong Ha tem de ir morar com um amigo, vizinho da Ji Yeon, a segunda, é quando o amigo dele é contratado para humilhar ela numa festa do trabalho, a terceira, a mãe dela a obriga ir numa vidente que ele está consertando a eletricidade e acabam trocando os aparelos celulares  e por fim quando ele vai trabalhar na revista que ela trabalha. Aí você já viu, né? Mesmo na primeira interação deles, que é uma discussão, você já sente que ele chega nela com vontade, a troca de olhares mistura aquela tensão à raiva. E a coisa esquenta já nos primeiros episódios. Só que aí ela pisa no freio por causa da diferença de idade.

Mesmo assim vai florescendo uma linda história de amor, graças a ele que sabe-se lá porque, age o tempo todo como o lindo cavalheiro da armadura prateada! Até que a vida dela fica ainda mais complicada com a volta do seu ex-noivo, No Shi Hoon (Han Jae Suk).  Como se não bastasse, Dong Ha também uma antiga história de amor para assombrar a história. Mas tudo isso vai aparecendo e sendo explicado aos poucos enquanto eles fazem seu trabalho como jornalistas, se arriscam e são perseguidos em uma série de eventos que não deixam o dorama cair de ritmo.


Em paralelo tem todo um debate sobre a situação da mulher em relação as suas ambições como profissional e sua vida pessoal. E as diversas formas de preconceito que uma mulher solteira e bem sucedida de 39 anos enfrenta. O dorama é um arraso!

Disponível só no DramaFever e Fighting fansub!

Semana que vem, eu estou de volta com um dorama que parece ficou de lado, meio esquecido. Mas é aquela história toda bem feitinha e com fundo moral, que fala de emprego, depressão, suicídio e ainda assim é leve e nos ensina que a vida vale a pena: Radiant Office!

Beijo e até lá!

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Querido leitor,

Seus comentários deixam o nosso cantinho ainda mais especial. Agradecemos muito a sua participação! Até o próximo post! ;)

Equipe do Citação
ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário